Finalmente corri no Metro!

Bruno Claro | 2019-08-10

Quem me conhece sabe que esta era a minha corrida de sonho, não me perguntem porquê mas fascinava-me correr pelos tuneis do Metro. Pode parecer estranho, de tantos sitios, trilhos bonitos ou mesmo maratonas emblemáticas, porque raio iria querer correr no Metro? Pois, nem eu sei explicar, ao ponto de ter criado as Secret Run para o tentar fazer. Depois de 2 anos sempre a pedir, a chatear o Metro para conseguir uma autorização, finalmente o grande evento iria acontecer e eu não o queria perder por nada deste mundo. Apesar de não ser uma Secret Run, ia correr no Metro, como sempre desejei, no Discovery Underground Lisboa.

Dia 12 de Dezembro podia ser a noite que me marcava para todo o sempre, aliás não é todos os dias que se pode realizar um sonho, por mais parvo que possa parecer. Ao aproximar-se o momento as expectativas e ansiedade aumentavam, aguardava o grande momento de colocar os meus pés nos carris.

Ao chegar no local de partida, vi algumas caras conhecidas do pelotão e tantas outras que nunca tinha visto mas em todos via um rosto de ansiedade de viver esta experiência. Esta noite era muito mais que correr, seria viver uma experiência única de corrida, para mim era uma Secret Run feita só para mim, como eu sempre sonhara.


Os participantes recebiam todos um kit, com t-shirt, capacete, pulseira identificativa com a cor do nosso grupo (os grupos partiam com 1:30 de diferença). Aos poucos os grupos iam sendo divididos e os participantes encaminhados para a linha de Metro mas apenas depois de serem revistados, para garantir que nenhum participante levasse consigo alguma forma de captar imagens ou objetos metálicos que pudessem colocar em causa a segurança dos outros. 




Ainda na plataforma aguardava ansiosamente que alguém colocasse os pés nos carris para garantir que a corrente estava desligada, não queria ser eu o primeiro a testar!!! 

Passado alguns segundos desci para os carris, olhamos uns para os outros com um ar emocionado, finalmente ia partir. 


Na plataforma estava o Nelson Évora a dar o tiro de partida de cada grupo, eu fiquei no Verde eramos o quinto grupo a partir. (podem ver o VIDEO da minha partida aqui).

Após o tiro de partida lá fomos nós à descoberta dos tuneis do metro, a cada passo meu sentia um misto de felicidade e ao mesmo tempo de desilusão. Era isto que eu queria, eu estava a percorrer as linhas do Metro a correr, mas ao mesmo tempo não era aquilo que imaginava.

Os primeiros metros eram de descoberta, estávamos a perceber como poderiamos correr e  a resposta era fácil. Grande parte do percurso era possivel de correr com mais ou menos dificuldade, existiam pequenas partes onde tínhamos de mudar de linha ou seja correr nas pontas ou entre as 2 linhas, essas eram as partes mais dificeis, mas infelizmente era mais fácil do que eu pensava. O primeiro Km foi feito a um ritmo simpático 5:25, o 2º (onde apanhamos uma grande descida) a 4:25. E antes que perguntem, não tinha GPS e como sei? Existiam voluntários a cada km,bastava olhar para o cronometro e fazer as contas da diferença dos tempos de passagem, depois disso deixei de reparar no relógio afinal o tempo era o que menos importava naquela noite e só queria viver o momento.

Os túneis eram bastante iluminados, o espaço para correr entre os carris era o suficiente para uma pessoa ou até para duas em simultâneo em algumas zonas laterais dos carris, estava tudo muito limpo, um cenário muito diferente do que eu imaginava, mais agradável de correr do que eu previa o que tornou esta experiência bem mais rápida do que o esperava.

 Os primeiros km's foram rápidos, apanhamos algumas descidas e aos poucos o grupo foi apanhando outros grupos e os atletas começaram por se separar e correr mais espaçados entre si. Eu aproveitava o momento para observar, perceber como era a rede de tuneis que está por baixo dos nossos pés, mas sempre com muito cuidado. Apesar de ter espaço para correr, um pé em falso podia colocar em causa a nossa integridade física porque uma queda naquele local era muito perigosa, por causa dos carris e de toda a infra-estruturas metálica à volta dos mesmos. Em cada estação que passávamos era uma festa, adorava ver a cara do staff do Metro a olhar para nós e a pensar "o que fazem estes malucos aqui?!", mas todos com um grande sorriso e simpatia. Ao fim de 4 km chegamos ao ponto que seria mais estranho, saíamos da estação das Olaias e percorríamos uma ponte com cerca de 300 metros que nos levava por fora dos tuneis, esta foi a zona onde tive mais cuidado, apesar de ter muito espaço para correr a luz era muito pouca e o passeio um pouco acidentado e um pé em falso podia terminar esta experiência.

Um km mais a frente tinhamos o nosso abastecimento em Chelas. Foi bom para recuperar o fôlego e principalmente hidratar, porque esta foi a prova onde sofri mais com o calor, os túneis são bem quentes ao contrario do que eu pensava por causa do respiradores que ligam o ar à superficie. Aos poucos os km's iam passando e chegamos ao Oriente, agora é que iamos começar a subir mais de 3km até chegar ao Aeroporto. Aqui custou um pouco e já comecei a sentir nas pernas a aula de Crossfit do Bruno Salgueiro, que tinha feito algumas horas antes, mas lá fui eu no meu ritmo até ao fim.

Quando cruzei aquela meta foi uma explosão de alegria, não pela superação, mas sim por ter realizado um sonho. Finalmente tinha vivido aquela experiência, estou feliz já posso voltar a procurar um novo sonho e partir a conquista dele.


Em resumo, amei a experiência , para mim foi espetacular apesar de os tuneis não serem como eu esperava (nem um rato, vi pelo caminho!) mas valeu pelo momento e pelo sonho.

Obrigado Discovery Channel, que permitiu aos 100 participantes viverem este momento único que vamos guardar para sempre nas nossas memórias. Agora é imaginar outra Secret Run , porque em 2016 vamos ter muitas novidades e principalmente muitas experiências para viver. 


Podem ver mais fotos aqui.

Correr Lisboa

Pista Professor Moniz Pereira, Rua João Amaral - Lisboa

  • geral@correrlisboa.com

Circuito dos Parques de Lisboa

Informações sobre inscrições/ classificações / parcerias

  • inscricao@circuitodosparques.com

Parcerias

Informações sobre parcerias / divulgação de corridas

  • geral@correrlisboa.com
Topo