O Drama da Maratona

RITA RIBEIRO | 2017-02-20

Ora bem, começando pelo início: Como a maior parte de vocês sabe, os treinos não correram pelo melhor, tanto que eu fiz o post lamechas, onde disse que já não ia correr a maratona. De facto, estava a ser demais para mim... nos treinos longos em vez de apreciar os arredores ia a pensar nos projectos da faculdade ou nos kms que ainda faltavam. Por isso achei que não estava all in e assim não valia a pena. Mas depois o pessoal dizia "Ao menos começa a correr", "Vai lá fazer um longo", "Podes sempre cortar caminho, assim não perdes aquela entrada fantástica no estádio!". Já não sabia o que fazer! Ainda por cima, depois de olhar para o percurso, percebi que mesmo que quisesse fazer um longo de 25-30km ia acabar por ficar apeada, sem ninguém conhecido ali e bastante longe da meta! Decidi nem pensar nisso. Paciência. Vou começar, vou bem até onde conseguir e logo se vê.

Dia da prova: O João Veiga disse que vinha sempre comigo e a Rita Afonso ia para o mesmo ritmo por isso começámos os 3. Despedi-me do meu pai e desejei-lhe uma boa prova, porque ele realmente merecia depois de cumprir o plano dele à risca! Primeiros kms tranquilos 5:30- 5:35, a conversar e ainda com pouca gente na rua. A primeira vez que passamos pela nossa claque foi no km 8. Animo, animo!! Apareceram a Inês Delgado Brito e o Luís Miguel Santos. Já eramos um grupinho de 5 eheh. Nessa altura surgiu a necessidade de me dirigir a uns ASEOS. Fiquei com medo de sentir isto tão cedo porque se parasse enquanto estava bem, depois podia sentir as pernas mais pesadas ao recomeçar. Mas pronto, nada temam, lá fui aos ASEOS no km 15 depois de passar pela nossa grande claque pela segunda vez, e estava de volta ao ritmo inicial. Por causa desta paragem, perdemos a Inês e a Rita. Fiquei com o João e o Luís, que esperaram por mim.

Num instante passámos a meia maratona, e foi um boost inconsciente para acelerar um pouco o ritmo... O João lá dizia, calma... 5:18 - 5:19... mais devagar. Tens de aguentar bem até aos 32kms, depois disso podes aventurar-te como quiseres. Sim chefe! No km 25 encontrámos de novo a Rita (foi a vez dela de ir aos ASEOS), logo a seguir perdemos o Luís, que ficou um pouco para trás e o João ficou também para trás para beber água e disse que já me apanhava. Pela primeira vez fiquei sozinha (ao km 28) e confesso que me senti um pouco nervosa, mas pronto lá avancei. Atrás de mim aparece a Inês, também já tinha parado 2 vezes para pôr spray. O João voltou. Yes, já não estou sozinha! Chegado o km 30, tirando o cansaço nas pernas que era mais do que normal, apercebi-me que ia conseguir acabar. Não estava a baixar o ritmo e mesmo que isso viesse a acontecer, nem que fizesse o resto a andar ia entrar naquele estádio! Como é que eu não estava a baixar o ritmo?? Não sei, não questionei, continua Rita, não penses. A verdade é que quando me começava a sentir mais cansada, lá aparecia a multidão nas laterais a apoiar, não deixava baixar o ritmo, foi muito bom. Às tantas o João disse que mesmo que baixasse para um ritmo de 6.00, já fazia menos de 4h (wow!). 

Num instante chegámos à Praça de Espanha, e daí até ao estádio apanhámos imensa gente mesmo. No km 41 já era para disfrutar. Procurei a melhor claque (mãezinha, acreditas agora???) e lá estavam eles! Não me consegui conter, gritei "JÁ ESTÁ FEITA CARAÇAS!!!!".  O meu namorado e o meu irmão começaram a correr connosco e ainda fizeram uns metros mesmo até à entrada no estádio, entrada essa que não dá para descrever. Que sensação de concretização... afinal sou capaz! Não consegui conter as lágrimas quando me deram a medalha (e por isso acho que devo um jantar a alguém). Se tivesse treinado mais não tinha corrido tão bem, acredito mesmo nisto! Sem pressões, sem expectativas, só correr, sorrir e acenar, assim vale a pena! 

Claro que o craque PJ lá fez 3h35 e nem chegou cansado :p 

Foi muito bom abraçar toda a gente no fim. No fim de contas, queremos todos que cada um consiga o seu melhor, isso foi uma das coisas que o Correr Lisboa me ensinou. Obrigada malta, estou muito feliz!



Correr Lisboa

Pista Professor Moniz Pereira, Rua João Amaral - Lisboa

  • geral@correrlisboa.com

Circuito dos Parques de Lisboa

Informações sobre inscrições/ classificações / parcerias

  • inscricao@circuitodosparques.com

Parcerias

Informações sobre parcerias / divulgação de corridas

  • geral@correrlisboa.com
Topo