O desafio de correr as 3 São Silvestre da zona de Lisboa

Bruno Claro | 2019-09-24

Correr uma São Silvestre é algo que todos os atletas ambicionam fazer,  mas correr 3 seguidas tem muito mais piada. Felizmente, a cidade de Lisboa e a sua vizinha Amadora têm das São Silvestres mais animadas do País.

Não há nada como correr no dia 28 de Dezembro às 17h30, na Avenida da Liberdade. A cidade ainda está com toda a sua iluminação de Natal, o que faz com que a prova fique com um encanto especial. Correr pelas ruas iluminadas na companhia de 10000 atletas é especial e faz com que esta prova seja única no panorama nacional. A prova tem como principal  dificuldade a subida ao Marquês de Pombal no km 8 e o número elevado de participantes, que nos faz perder muitos segundos na fase inicial (nota-se ainda mais nas caixas de partida de +50 minutos) nas ultrapassagens até ao retorno nos 5km. A corrida tem a particularidade de ter um prémio para o km mais rápido (descer do Marquês de Pombal atá à meta). Eu adoro a iniciativa mas acho que os atletas convidados/ elite não deviam participar, ou então deviam ter um prémio para eles e outro para o atleta de pelotão que fizesse o km mais rápido.

Podes inscrever-te aqui na prova.



No dia seguinte, dia 29 de Dezembro às 19h00, temos a segunda São Silvestre na cidade de Lisboa, a dos Olivais. Esta prova durante anos rivalizou com a sua vizinha da Amadora para ver quem trazia os melhores atletas a correr. Apesar de estar muito longe dos seus tempos áureos, para mim esta é das 3 a que tem o percurso mais divertido. 

A corrida inicia-se ao lado da Junta de Freguesia dos Olivais, percorrendo depois as ruas dos Olivais num sobe e desce constante. Poucos são os kms planos na prova, o que a torna num desafio muito interessante com 2 subidas com um grau elevado de dificuldade, principalmente aquela junto ao Vale do Silêncio perto dos 7km. 

Mas como tudo o que sobe desce, os últimos 1500 metros são sempre a descer e difícil vai ser parar na recta da meta. 

Apesar da prova não ter o glamour das outras 2 concorrentes, vale pelo trajecto e pelo desafio de correr as 3 provas antes de terminar o ano. 

Podes inscrever-te na prova aqui.



Para terminar o desafio não há nada melhor, do que correr a mítica São Silvestre da Amadora no dia 31 de Dezembro. 

Esta é a única prova em termos de ambiente e público que pode rivalizar com algumas provas fora de Portugal. Já corri muitas provas, em muitas cidade e países e poucas têm este ambiente. São milhares de pessoas ao longo do percurso que te apoiam! Se mais provas em Portugal fossem assim, tudo seria diferente.

Tal como a prova dos Olivais, o seu percurso é desafiante principalmente nos km's iniciais do 2 ou 3 km a subida é longa e desgastante mas depois vem uma descida longa e um percurso com algum desnível mas que pode ser feito em grande velocidade. Mas esquece as subidas, com este apoio na rua tudo é mais fácil e nem vais reparar na inclinação. 

Se gostas de correr, esta prova é obrigatória na tua lista. O dia não é o melhor, 31 de Dezembro, pode estragar os teus planos para a grande festa de final do ano, mas acredita que vale a pena. Esta é a melhor prova do país e não vais arrepender-te se chegares um pouco atrasado ao teu réveillon. 

Podes inscrever-te para esta prova aqui.


Agora só falta aceitares o desafio e inscreveres-te nas provas.

Vemo-nos nas 3?



Correr Lisboa

Pista Professor Moniz Pereira, Rua João Amaral - Lisboa

  • geral@correrlisboa.com

Circuito dos Parques de Lisboa

Informações sobre inscrições/ classificações / parcerias

  • inscricao@circuitodosparques.com

Parcerias

Informações sobre parcerias / divulgação de corridas

  • geral@correrlisboa.com
Topo