Adidas Ultraboost 20 com inspiração espacial - Review

Bruno Claro | 2020-02-17

A adidas associou-se ao Laboratório Nacional dos EUA da Estação Espacial Internacional (ISS), para a criação dos ultraboost 20, dando ao sapato uma aparência espacial.

Por que essa colaboração? Porque a Adidas enviou Boost ao ISS National Lab para que eles possam testá-lo no espaço. Eles vão realizar experiências e testar a influência que a gravidade exerce sobre o processo de moldagem Boost. O objetivo da adidas é testar o Boost em microgravidade e desbloquear todo o seu potencial. E esta não é apenas uma experiência incrível, tem implicações na vida real para os corredores. A esperança é que essas experiências ajudem a adidas a entender como podem melhorar o processo de criação da entressola para melhorar o conforto, o desempenho e o design geral. Ou, simplesmente, como a adidas pode ajudar a enfrentar o maior inimigo da corrida: a gravidade.

As novas sapatilhas da marca alemã destacam-se pela sua construção minimalista e sem peças desnecessárias, especialmente voltada para o desempenho do corredor, por um novo look e uma sola que vai fazer furor nas estradas portuguesas. A linha 20 apresenta uma coleção de cores super atraentes. Com os ultraboost 20 vamos poder aliar a performance ao estilo.

Depois de fazer alterações significativas na fórmula do Boost para 2019, a Adidas optou por uma atualização na sua edição 2020.

As principais alterações são feitas na parte superior, que agora apresenta a tecnologia Tailored Fiber Placement. Isso significa suporte direcionado para manter o pé no lugar durante a corrida, porque a parte superior da malha pode ficar um pouco solta, especialmente nas curvas, algo que alguns corredores se queixavam no modelo anterior. Desta forma os Ultraboost 20 ficam mais ajustados ao pé e sentimos que ficam mais seguros. Outra alteração foi feita na zona do calcanhar, onde a adidas colocou um amortecimento extra e alterou o 3D heel frame para garantir mais estabilidade.

Os UltraBoost 20 oferecem os mesmos recursos que o 19. A grande placa de espuma Boost na entressola proporciona um passeio agradável e inflável, e essa espuma é incrivelmente durável. A sola de borracha Continental, que agarra bem até na calçada portuguesa é duradoura, por isso ficamos com umas sapatilhas que podemos usar por umas largas centenas de quilómetros.

O sapato é bom para corridas longas e fáceis, mas, embora seja bastante robusto, podemos usá-los para corridas mais rápidas, graças à espuma Boost responsiva. É uma excelente opção para corredores iniciantes na maratona.

Este modelo vai ser o meu companheiro de treinos para a Maratona da Europa, em Aveiro, em que vou participar no próximo mês de Abril.

Fiquem atentos porque em Março vão poder experimentar o modelo.

Já está à venda em Portugal em oito esquemas de cores diferentes, as Ultraboost 20 pesam 310 gramas, têm 10 mm de drop (22 mm/12 mm) e surgem com um preço de lançamento de 179,95 euros. 

Correr Lisboa

Pista Professor Moniz Pereira, Rua João Amaral - Lisboa

  • geral@correrlisboa.com

Circuito dos Parques de Lisboa

Informações sobre inscrições/ classificações / parcerias

  • inscricao@correrlisboa.com

Parcerias

Informações sobre parcerias / divulgação de corridas

  • geral@correrlisboa.com
Topo